Aí ESTÃO AS CONSEQUÊNCIAS DO NOSSO ENSINO!!!

3 07 2008

Sabe mais que um miúdo de… 2 anos??? Vamos ver!

 

Terça-feira, 1 de Julho de 2008:

Estou eu a degustar a minha janta e a ver o dito concurso do Jorge Gabriel, programa que acho bastante engraçado, útil e instrutivo, no meio do aterro sanitário que é a TV tuga, e assisto a um belo exemplo daquilo em que Portugal se está a transformar. Tudo começa com um cavalheiro com o 12º ano completo, repito, 12º ano, director de um call center,  que na primeira pergunta não sabia que 12 era o quádruplo de 3. Incrível não é? Mas nada que se compare com o que estava para vir.

Entra então em cena uma menina, com um ar pindérico QB, que, altivamente, disse que era estudante do curso de Matemática Aplicada. Atenção: ESTUDANTE DO ENSINO SUPERIOR DE MATEMÁTICA APLICADA.

Primeira pergunta: Complete: Fazer o bem, sem olhar a…   

Comentário dela: «eh pá, deve ser algo terminado em… ar!!!

Fiquem sabendo que esta ESTUDANTE DO ENSINO SUPERIOR DE MATEMÁTICA APLICADA não sabe este curto e simples provérbio. Mas até aqui nada de anormal! Espreitou e seguiu.

Segunda pergunta: que nome se dá a cada grupo de 3 algarismos nos números? Fiquem sabendo que esta ESTUDANTE DO ENSINO SUPERIOR DE MATEMÁTICA APLICADA, repito, ESTUDANTE DO ENSINO SUPERIOR DE MATEMÁTICA APLICADA, não sabe o que são CLASSES de números. Copiou e continuou.

Entretanto perdi parte do programa (imagino o que perdi, mas não consigo encontrar a gravação do programa, nem no site da RTP sequer).

Quinta pergunta: como se chama o período político que vigorou em Portugal entre 1930 e 1974?

Comentário dela: hum… eh pá, deve ter algo a ver com Salazar, não? O Jorge Gabriel já lhe estava com um pó… ainda assim, com uma simpatia mal disfarçada lhe disse que Salazar desapareceu em 70 e até 74 foi Marcelo Caetano. Mas ela insistiu e respondeu: SALAZARISMO.

O Jorge Gabriel sentiu um alívio enorme e mandou-a embora. Fiquem sabendo que esta ESTUDANTE DO ENSINO SUPERIOR DE MATEMÁTICA APLICADA nunca ouviu falar no Estado Novo.

 

Moral da História 1) Há pessoas que não têm mesmo um pingo de vergonha na cara e, sabendo que nada sabem, ainda se expõem publicamente em concursos TV de cultura geral. Se eu conhecesse tal donzela, fazia-lhe o favor de lhe pregar duas valentes lambadas!

 

Moral da História 2) Eis um belo exemplo daquilo em que este país se está a transformar: um bando de gentalha mal criada e educada, que à sombra de um facilitismo sobranceiro, com o conluio do Ministério, progridem academicamente, sabendo assinar de cruz e pouco mais. Depois admiram-se com o desemprego entre licenciados…

Num país onde as licenciaturas saem no OMO e no KINDER SURPRESA, e as escolas estão proibidas de obrigar quem não sabe, a saber um pouco mais , caminhamos para um Estado absolutamente imbecil e ignorante.

 

Continue, Sra Ministra! Esteja descansada, porque tudo isto é culpa dos professores!

 

Paulo Carvalho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Acções

Information

12 responses

3 07 2008
JPG

Essa não vi nem, pelos vistos, existe (ainda) gravação. Mas descobri no YouTube uma outra, de Janeiro:

1. No corpo humano, em que 2 categorias se dividem os membros? (1º ano)
2. Quadrado, rectângulo, paralelipípedo, triângulo; qual o elemento estranho? (1º ano)
3. Quantos tempos naturais têm os verbos? (3º ano)

A “concorrente” não respondeu a nenhuma destas 3 “terríveis” perguntas!

4. Na escola, fizemos 95 jornais e vendemos 82. Quantos sobraram? (2º ano)
Resposta: fez as contas (enganou-se!) e deu a resposta… certa, com a ajuda do apresentador.

5. Como se designam as aves que, quando o tempo arrefece, voam para paragens mais quentes? (2º ano)
Resposta: AS ANDORINHAS

Juro. Não estou a gozar. É ir ver.

3 07 2008
JPG

Esqueci-me de dizer que a dita “concorrente”, de 22 anos, é “administrativa numa industria farmacêutica”.

3 07 2008
Rui Peres

“Se eu conhecesse tal donzela, fazia-lhe o favor de lhe pregar duas valentes lambadas!”

Não percebo, qual é a necessidade de tamanha agressividade. Muitas pessoas tentam estes programas, para ganhar algum. É verdade, que grande parte das pessoas que lá vai, não tem muita cultura. Mas também, não é razão, para dizer que mais valia ficarem em casa. Um povo aventureiro como o nosso, que parte para o desconhecido, sem hesitar, está no nosso sangue. Tens que ter mais calma ó Carvalho. Em relação às Licenciaturas, tens razão, há muita boa gente que não percebe nada do que está a fazer. Mas não deves generalizar. Há muita gente, também, que tira o curso e sabe o que faz.

3 07 2008
hajakalmah

Calma, Paulo! Hajakalmah! (eheh e o meu nick!)
Uma ESTUDANTE DO ENSINO SUPERIOR DE MATEMATICA APLICADA, provavelmente nascida pos 74, nao tem de saber sobre o estado novo (minusculas propositadas), nem sobre a quem tem de olhar para o bem fazer quando, novamente provavelmente, ira trabalhar numa CGD ou numa Microsoft a fazer coisas que poucos sabem que exitem! Se lhe perguntassem sobre a veracidade da seguinte afirmação: “O teorema de Stokes estabelece que o fluxo do rotacional de um campo vectorial F de classe C1 atraves de uma superficie orientavel S e igual ao trabalho realizado por F ao longo da fronteira ou bordo de S cuja orientaçao e compativel com a de S.” e ela nao soubesse responder, ai seria problematico (estariamos a confiar o nosso dinheiro numa pessoa que nao o saberia guardar)! Agora, classes de numeros?! Eu que estudo engenharia e lido com numeros todos os dias ja nao ouvia falar em classes de numeros desde a primaria… e nao e por causa disso que me dou mal! (pois, e verdade… dou-me!)
E obvio que falta um bocadinho de cultura a este povo, mas o mal nao esta em quem a nao tem! Esta em quem a tem e nada faz com ela… (ou apresentam programas sobre a historia do nosso pais na rtp2… hihihihi)

Edgar Mendes

4 07 2008
João Matos

Palavras para quê?

4 07 2008
vera c. s. castanheira nunes

Mas paulo, isso é o normal, ou não é?
Eu que raramente vejo televisão antes das 24h (em casa temos o hábito , para mim aborrecido, de jantarmos tarde , mas a televisão está democraticamente fora da sala/casa de jantar e da cozinha ), de todas as vezes que assisti a programas-concurso, ou ficava extasiada com os conhecimentos de muito poucos concorrentes, ou indignada, principalmente irritada, diga-se a verdade, com a estupidez e ignorância da grande maioria dos concorrentes. E o que ainda me põe mais irritada e furiosa, é a negação do raciocinar -por vezes por exclusão de partes chegariam lá , se tentassem pensar, e, pior ainda, a imbecilidade arrogante e satisfeita estampada na cara, talvez ( e agora vou ser optimista ), para disfarçar a ignorância de ” coisas básicas” ou pela vergonha daquelas tristes respostas, ao dar a cara e o nome, local, profissão…, na televisão. Está bem, eu sei, são os tais minutos de sucesso (???). Mas é tão triste, tão poucochinho… tão tão…
E agora vou trabalhar mais um pouco nos relatórios e no mapa de faltas e mais o que vier. Pois é, “…houve *aqui alguém que se enganou…”
um abraço Vera * verbo haver, não ouvir, eh!eh!

4 07 2008
joao rocha

Pois é amigo, é o estado a que chegámos! É a triste realidade tuga.
Essa tipa não era loira?
Não estaria a ser paga para aumentar as audiências? Já nem digo nada, pois o que está a vender bem são mesmo essas aves raras e valoriza-se mais o ridículo e a ignorância do que o mérito.
Como alguém dizia: “se a educação é cara experimentem a ignorância”

4 07 2008
pjrcarvalho70

Ó Peres: já não és o primeiro a chamar-me a atenção para a agressividade daquela expressão! Façam o favor de interpretar tal afirmação com a intenção sarcástica com que a escrevi e algum humor, pois eu nem sequer bato em mulheres, ok?
Agora, mal estaríamos nós, ó Peres, se não houvesse gente com cultura e com cursos superiores honestamente tirados.
Mas por favor, não chames «aventureira» a uma tipa que sem saber «um cu» se submete a um concurso de TV. Para mim é muuuuito baixo, mas cada um tem o direito à sua opinião, a qual respeito escrupulosamente!

Paulo Carvalho

4 07 2008
maria josé alves covita leitao santos

ó meu deus dai-me o bom senso de nunca me deixares cair no ridículo.
a culpa é claro,claríssimo,cla ……,cla……,cla…..dos dos dos …………………………..professores.iiiiiiiiiii tão linda acertou .isto está bonito

5 07 2008
Anamar

Estão admirados/indignados? Esperem mais uns anitos e vão ter um ataque cardíaco com a ignorância dos nossos actuais alunos. E como eles não têm consciência da sua ignorância, vão concorrer a este tipo de concursos. Então agora 30% do nível atribuído não vai para o domínio sócio-afectivo?

6 07 2008
Sdias

É isso, Paulo, a ignorância da generalidade do nosso povo, e, sobretudo o orgulho que têm em ostentá-la impressiona qualquer pessoa que não tenha sangue de barata.
Mas gabo-lhe a paciência que ainda tem para assistir a esse tipo de programa. Eu já não consigo; faz-me lembrar a frustração que sinto quando tento mostrar aos meus alunos que existe um mundo mais amplo do que aquele que eles conhecem, e eles, simplesmente não querem saber.
É muito mais simples ir a um desses concursos e tentar acertar, tipo totoloto, às perguntas que dão dinheiro. Se não acertarem, podem sempre colocar a culpa no nervosismo, ou mesmo no triste do professor que não lhe ensinou nada daquilo…
Um abraço.

7 07 2008
soniapessoa

Já nada me admira! ainda ontem em conversa com a minha mais velha fiquei a saber que todos(3 ou 4) os colegas da turma que estavam para chumbar, afinal passaram de ano. Ao que parece fazem-se reuniões e mais reuniões para se lhes arranjarem soluções e formas de não os reter… mas o que é isto? no meu tempo não era assim! O nível de exigência é cada vez mais baixo, onde é que isto nos leva, pergunto eu???
Mas nem tudo é mau e por isso, convido-te, Paulo, e aos demais, a visitar o meu cantinho (http://oslivrosqueninguemquisdaraler.wordpress.com) e lerem o post que lá pus sobre MOTIVOS DE ORGULHO.
Beijinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: