PARA MENTES POLUÍDAS

11 11 2008

Apesar de «dèja vu» aqui fica um pequenino texto, da autoria de uma advogada, para esclarecer algumas mentes poluídas que para aí andam e, sobretudo, aquelas que não querem entender a luta dos professores e pensam que não queremos ser avaliados! Julgo que a comparação é bem conseguida, no sentido em que qualquer pessoa percebe que ninguém pode ser avaliado com um modelo assente nestes pressupostos!

É assim:

Já que muitos jornalistas e comentadores defendem e compreendem o modelo proposto para a avaliação dos docentes, estranho que, por analogia, não o apliquem a outras profissões (médicos, enfermeiros, juízes, etc.).
 
Se é suposto compreenderem o que está em causa e as virtualidades deste modelo, vamos imaginar a sua aplicação a uma outra profissão, os médicos.
 
A carreira seria dividida em duas:
 
Médico titular (a que apenas um terço dos profissionais poderia aspirar) e Médico.
 
A avaliação seria feita pelos pares e pelo director de serviços. Assim, o médico titular teria de assistir a três sessões de consultas, por ano, dos seus subordinados, verificar o diagnóstico, tratamento e prescrição de todos os pacientes observados. Avaliaria também um portefólio com o registo de todos os doentes a cargo do médico a avaliar, com todos os planos de acção, tratamentos e respectiva análise relativa aos pacientes.
 
O médico teria de estabelecer, anualmente os seus objectivos: doentes a tratar, a curar, etc.
A morte de qualquer paciente, ainda que por razões alheias à acção médica, seria penalizadora para o clínico, bem como todos os casos de insucesso na cura, ainda que grande parte dos doentes sofresse de doença incurável, ou terminal. Seriam avaliados da mesma forma todos os clínicos, quer a sua especialidade fosse oncologia, nefrologia ou cirurgia estética…
 
Poder-se-ia estabelecer a analogia completa, mas penso que os nossos ‘especialistas’ na área da educação não terão dificuldade em levar o exercício até ao fim.
 
A questão é saber se consideram aceitável o modelo?
 
Caso a resposta seja afirmativa, então porque não aplicar o mesmo, tão virtuoso, a todas as profissões?
 
Será???!!!

Já agora…
 
Poderiam começar a ‘experiência’ pela Assembleia da República e pelos políticos…

Postado por Paulo Carvalho

Anúncios

Acções

Information

4 responses

11 11 2008
mariaflor

Parabens a esta Mente Sã por ter escrito o artigo acima,parabens a quem o postou(já cnhecemos a sua inteligencia e visão) a mim faltou aqui a categoria de advogado e juiz,que digo eu cá isto teem demonstrado bastante a sua falta de profissionalismo e justiça,enfim,teriamos muita coisa para ser analizado.

11 11 2008
Atm

É o anonimo anterior

Peço desculpa!
O Comentário é o que se segue .
O que seguiu estava num Word em copy – past!
Se retirar agradeço!

Foi positiva como primeira aproximação a Manifestação dos Professores de 8 de Novembro,mobilizada pelo Sindicatos!
Foi positiva a participação de Jerónimo de Sousa,
Francisco Louçã,
Miguel Portas,
Manuel Alegre, etc.
Mário Nogueira falou bem
e seguro!
Tem em mão um projecto de avaliação que pode ser estudado!
Faltou, digo com muita pena:
Paulo Portas,
Santana Lopes
( Manuela Fª Leite é inssonsa!)
e outros que se esqueceram
ou não puderam
ou ainda não acordaram para a triste realidade da Educação no País!
Alguém sugeriu a presença
dos Alunos,
Pais
e Encarregados de educação!
Pois estes se forem vai ser uma bagunçada!
Se levarem gás mostarda,
bombas de cheiro,
matracas,
naifas
e pistolas roubadas aos cotas dos avôs
e restos da guerra colonial,
vai ser o bonito!
Não vai haver forças armadas na capital para controlar 100.000 que se juntam aos 120.000 professores!
Estou a avisar!
E ENTÃO A SENHORA MINISTRA VAI VER O QUE É O ESTADO DA EDUCAçÂO DO PAÍS!
Os professores já foram duas vezes e vão mesmo mais uma e se forem sózinhos e tudo correu e correrá bem!
Parecia uma procissão… só faltava o queremos Deus homene ingratos!
( Ministra Ingrata!)
SÓ vi dois ou três polícias
que até nem estavam preocupados com os professores.
Vi outros em viaturas simples a controlar o trânsito!
ATÉ ESTIVERAM IMPECÁVEIS !
PARABÉNS!

11 11 2008
Rui Barros

Muito bem, acho mesmo que se devia comecar por aplicar aos politicos ou aos que pensam que o são ou foram (PR, PM, ministros, secretarios de estados, assessores politicos, autarcas municipais de varios graus, e claro aos deputados; nestes ultimos comecar por 80-90% daqueles que nunca falam ou intervêm e que sao na sua essencia “botoneiros” isto é apertadores de botões de presença e de voto, porque nao se sabe mais nada ! …), porque os exemplos devem sempre começar a vir por cima e nao por baixo. Caso contrario, quem o não aceitar é porque é só um elemento da nova classe (sem classe) dos pu-líticos … que se têm governando à nossa custa desgovernando a Naçao Portuguesa (a bel-prazer e sem controle efectivo dos seus resultados ou falta deles).

Depois aplicam aos dirigentes bancarios, incluindo os intervencionados pelo Estado (que ja sao dois para alem da CGD) presentes e passados (bastará só a partir de Abril 2004 … e ver quem efectivamente conjugou Avareza e Desgoverno).

Depois aos juizes e aos tribunais, comecando por todos aqueles que intervêm ou intervieram no caso Casa Pia (cuja culpa vai morrer quase solteira, nao tenho qq duvida) e por aí abaixo … passando pelos professores … ate que chegara tb ao cidadao comum.

Quando o estado de um Estado que já não o é (duma Naçao que ainda o é, só nao sei até quando…) chega a este ponto calamitoso de autismo, de cegueira mental, de acçoes ditatoriais de quero-posso-mando e ainda critica acçoes de outros a quem chama ditadores mas q comparativamente menos pior fizeram, é porque já nao ha rumo nem esperança de rumo e entraram na fase do salve-se quem puder.

Como docente ha 36 anos, mas ainda so com 56 de idade, nao admito a ninguem e muito menos ao Estado que me mudem as regras a qualquer preço qd estou em fim de carreira. Quem a inicia que siga novas regras, porque só adere quem quer. Mas quem a iniciou, prestou serviço o melhor que pode indo mesmo para além do que devia ou era exigido ou exigível, e agora se vê a braços com interesses burocraticos (vou dobrar o ‘erre’ e direi mais “burrocraticos”) e estatisticos — para ocultar o despesismo passado e a mediocridade do actual sistema educacional portugues — sabe mt mais que qq pseudo-ministra de educaçao ou pseudo-engenheiro (ainda que PM) pelo menos neste domínio: o da prestaçao continuada de servicos de educaçao (e nao só, porque um verdadeiro professor também é educador social moral e de massas).

Cumprimentos e muita uniao nesta fase critica mas fortemente indicadora, para que os professores melhorando a educaçao (e nao a ministra, que ja provou que nunca será capaz de fazê-lo) se melhore realmente — e nao estatisticamente — a educaçao e o sistema educativo em Portugal.

12 11 2008
ATM

Entrevista na TVI ( Que não saiu… pelo menos não vi )

Manifestação de Professores 8 de Novembro de 2008

Sou professor desde 1969
Ensinei em Angola durante 4 anos!
Desde 1969 a 2008 leccionei.
Tenho 65 anos.
Quase 40 anos a leccionar!
Vou aposentar-me!
Fui à Manifestação do dia 8 de Novembro.
Fui entrevistado em plena Avenida da Liberdade.
Segue a entrevista que não saiu… pois não podia sair.

“ Entrevistadora da TVI:
Este senhor que vem aqui … a bradar
“Viemos do Norte para ditar a tua sorte!”
Porque é que veio a esta manifestação?

R/ Vim a esta manifestação porque sou professor
e adoro ser professor!

Entrevistadora da TVI:

Com quem está a protestar?

R/ Estou a protestar contra o actual ECD
que é lesivo para os professores.
Protesto contra o EA, mas isso é com os alunos!
Os professores estão despertos,
os alunos estão acordar
mas os pais
e encarregados de educação parece ainda estarem a dormir!

Entrevistadora da TVI:
Porque traz a bandeira nacional ao peito?

R/ Porque adoro e amo Portugal, o meu País!
Com esta Educação não vamos a lado nenhum!
O País não se desenvolve,
não progride
e caminha para a desgraça
para a miséria cultural
e educativa!
É pena!
Estou muito triste com tudo isto!
Há que mudar!

Entrevistadora da TVI

Muita obrigada!

R/ Obrigado
Boa tarde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: