VEJAM ESTE DEBATE NA RTPN! ELUCIDATIVO!

14 11 2008

Sei que é difícil arranjar mais 50 minutos no meio desta avalanche informativa relacionada com este fenómeno sem precedentes entre um Governo autocrático e prepotente e uma classe inteira de 150000 pessoas com a generalidade da opinião pública do seu lado; mas vale a pena ver este debate na RTPN, onde estão representadas 4 das 5 entidades envolvidas: O governo, através da Directora da DREN, os sindicatos através de uma representante da FNE, os pais pelo inevitável Sr. Albino e a opinião pública através de um jornalista; pena é que se esqueceram, digo eu, da parte mais importante, ou seja, UM PROFESSOR! Um simples professor livre de qualquer política ou sindicato e que sente na pele e no terreno esta cobarde ofensiva!

Se virem o debate, constatarão 5 coisas:

1) O que uma doença chamada fundamentalismo político faz a uma ex-professora que, com voz de Amália Rodrigues e cheia de verniz, vomita umas «mariadelurdices»! Pudera! Falar contra quem lhe deu o «job» seria um suicídio e torná-la-ia novamente professora; uma pena capital dessas ela não quer por certo!

2) Um Sr. Albino que demonstra estar a ganhar algum juízo e começa aos poucos a dar a volta ao prego, pois já deu conta que quem educa os seus filhos somos nós e não os políticos e por isso anda aflito com este guerra declarada aos professores.

3) Os sindicatos que continuam a achar-se proprietários de 150 000 professores, quando nem de 15 000 são e, por muito que nos defendam, continuam a meter os pés pelas mãos e a perder crédito, fazendo com que eu e muitos mais, não precisemos deles para gritar a nossa indignação.

4) Um jornalista sensato que mais não faz, ainda que brilhantemente, do que constatar que este Ministério é anti democrático e não pode continuar a tanga de que tudo está a decorrer na normalidade, quando uma rebelião sem precedentes está a assolar a Educação, provocada por um Governo déspota que espezinha professores e propala a melhoria do Ensino.

5) A falta que ali fazia um de nós! Um daqueles que é professor a sério, que só sabe o que é uma sala de aula e não um gabinete, um daqueles que conhece o cheiro dos alunos, dedica o seu tempo à causa do Ensino e a tentar dia-a-dia transformar jovens ocos (sem generalizar, claro) em alguém decente e considera mal empregues os ovos que atiram aos políticos, por pena dos ovos!

Façam o favor de tirar um tempinho no fim-de-semana e vejam. O link é este:

http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?tvprog=24387&formato=flv

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Acções

Information

2 responses

14 11 2008
Maria

Olá. Vi uma parte do progrma.
Lamento que a comunicação social ainda não tivesse convidado um único professor, mesmo que para ouvir somente, sem os “outros” por perto
Sem comentários

16 11 2008
Guilherme Martins

Olá Paulo
Há muito que leio todos os “alertas” que vai “blogando”.
Obrigado pela clarividência do aqui tem postado e, principalmente, pela coragem.
Também sou dos que não me calo contra tanta prepotência.
Quanto à sra. DREN, porém, não concordo consigo. Não acho que ela seja a porta-voz da sra. ME, antes pelo contrário… (tenha em atenção toda a movimentação que esta sra. DREN tem proporcionado à sra. ME, o que pode ser um péssimo sinal)…
Eu explico: muito provavelmente a Sra. ME irá cair (é uma questão de tempo). E se para o seu lugar entrar a sra. DREN???!!! Estamos feitos… Vamos ter muitos casos “Charruas”, muitos casos “Presidentes de Câmara de Vila Verde”, muitas dissoluções de órgãos legitimamente eleitos nas escolas e mais nomeações compulsivas de CAPs super-poderosas (comissões administrativas provisórias).
E, já agora, MUITA ATENÇÃO: a sra. DREN afirma claramente que os professores que não aceitem este modelo de avaliação tem que assumir individualmente essa responsabilidade (presume-se que sendo obrigado a assinar algum papel) e mais à frente no debate afirma a possibilidade de “NEGOCIAÇÃO INDIVIDUAL”… seja lá isso o que for.
Esperemos para ver.
Abraço solidário.
Guilherme Martins

PS – Na minha escola (Escola Secundária de Monserrate – Viana do Castelo) foi solicitada uma reunião plenária de professores para a próxima terça-feira, em horário destinado a reuniões. Como não foi autorizada pelo sr. presidente da CAP, realizar-se-á hoje, dia 16 de Novembro, pelas 17 horas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: